O fortalecimento das organizações diante da inclusão de pessoas com deficiência: um olhar a partir das experiências da Cotripal Agropecuária Cooperativa.um olhar a partir das experiências da Cotripal Agropecuária Cooperativa.

Autores/as

  • Luana Carolina Bonfada Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÌ)
  • Sérgio Luís Allebrandt Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÌ) https://orcid.org/0000-0002-2590-6226

DOI:

https://doi.org/10.37767/2591-3476(2023)09

Palabras clave:

Estatuto da Pessoa com Deficiência; Direito ao trabalho da Pessoa com Deficiência; Mudanças Organizacionais.

Resumen

O presente artigo visa averiguar se com o advento da Lei 13.146/2015 – Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência – cidadãos com incapacidade física ou intelectual passaram a integrar de maneira mais equânime e significativa o mercado de trabalho das organizações brasileiras. Inicialmente, faz-se uma análise do conceito de Pessoa com Deficiência, além da sua integração à legislação brasileira. A fim de evidenciar, ainda que minimamente, a realidade brasileira e, senão regional, realizou-se um breve estudo da Cotripal Agropecuária Cooperativa quanto à ocupação de cotas destinadas às pessoas com deficiência, através de pesquisa exploratória qualitativa, bem como o engrandecimento que isso tem proporcionado à organização desde a sua aderência. E, a partir da experiência da Cooperativa se pode verificar que ela serve de inspiração para outras organizações.

Biografía del autor/a

  • Luana Carolina Bonfada, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÌ)

    Mestranda em Desenvolvimento Regional no PPGDR/Unijuí (Turma 2022). Bolsista Prosuc/Capes. Bacharel em Direito pela Unijuí (2017). Especialista em Direito Público pela Fundação Escola Superior do Ministério Público - RS, Brasil (2019). 

  • Sérgio Luís Allebrandt, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÌ)

    Professor Titular Sênior do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (PPGDR/UNIJUÍ). Bolsista Produtividade CNPq. Doutor em Desenvolvimetno Regional pelo PPGDR/UNISC (2010). Mestre em Gestão Empresarial pela Ebape/FGV (2001). Líder do Grupo Interdisciplinar de Estudos em Gestão e Políticas Públicas, Comunicação, Desenvolvimento e Cidadania (GPDeC).

Referencias

AMARAL JR., A. (2008). Introdução ao direito internacional público. São Paulo: Atlas.
BRASIL (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htmi.
BRASIL (1991). Lei 8.213, de 24 de julho de 1991. Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8213cons.htm.
FIGUEIRA, E. (2021). As pessoas com deficiência na história do Brasil: uma trajetória de silêncios e gritos. 4. ed. Rio de Janeiro: Wak Editora.
GIL, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Editora Atlas.
LOPEZ, G. de A. (2020). Direitos da pessoa com deficiência. São Paulo: Juspodivm.
MURPHY, R. et al. (1988). Physical disability and social liminality: a study in the rituals of adversity. Social Science and Medicine, [s.l.], 26, 2, 235-242. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/0277953688902444?via=ihub.
PICCOLO, G. M. (2022). O lugar da pessoa com deficiência na história: uma narrativa ao avesso da lógica ordinária. 1. ed. Curitiba: Appris.
RIBEIRO, L. (2019). Direitos da pessoa com deficiência. Em A. Andrade et al. Interesses difusos e coletivos (pp. 483-562). São Paulo: Método, v. 2.
TST. Tribunal Superior do Trabalho. (2022). AIRR-297-40.2020.5.12.0036. 7ª Turma. Relator Ministro Renato de Lacerda Paiva. DEJT 03/06/2022. Disponível em: https://jurisprudencia. tst.jus.br/.

Descargas

Publicado

27.12.2023

Cómo citar

O fortalecimento das organizações diante da inclusão de pessoas com deficiência: um olhar a partir das experiências da Cotripal Agropecuária Cooperativa.um olhar a partir das experiências da Cotripal Agropecuária Cooperativa. (2023). Revista Derecho Y Salud, 7(8), 129-143. https://doi.org/10.37767/2591-3476(2023)09

Artículos similares

1-10 de 105

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.

Artículos más leídos del mismo autor/a

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>